Carrinho
Bem Vindo, Visitante. Cadastre-se aqui.
Home > A minha vagina é linda, e a sua?

A minha vagina é linda, e a sua?

Carnuda, magrinha, pequenos lábios grandes, grandes lábios proeminentes, clitóris pequenino ou avantajado... Isso a faz sofrer? Você não está olhando do modo certo!

Talvez este seja um tempo difícil para se ter vagina. Sério. E isso pelo excesso de informações (nem todas confiáveis) que se encontra por aí. E estou falando de vagina, o nome certo, porque se pensarmos nas pepekas, ppk e nomes afins e até outros nomes, estes, tão pejorativos que jamais pronunciaria, que vejo por aí em vídeos e textos e as pessoas que os usam mal sabem o que falam e o fazem sem o devido respeito que a vagina merece. Na cultura oriental, por exemplo, ela é sagrada e tratada com a reverência que merece, a yoni (Abertura Divina, templo sagrado, fonte da vida...). Que diferença do Ocidente! Confesso que me envergonho de ditas professoras de pompoarismo, que aliás é uma arte milenar e merecedora de respeito, usar de tanto deboche com o tema, mas enfim, tento pelo menos consertar alguns erros crassos, que podem levar as expectadoras e leitoras ao erro. Você se surpreenderia com a quantidade de vídeos e textos onde o autor sequer sabe a diferença entre vulva e vagina. Saber a diferença nos protege contra alguns erros dolorosos...

Então podemos começar por aí:

Vulva:
A vulva é a parte visível (externa) dos genitais femininos.  Consiste no monte púbico, púbis, uretra, clitóris, grandes e pequenos lábios. Sua função é proteger a região e já matando algumas falas erradas que ouvi por aí... Grandes e pequenos lábios são compostos por pele e gordura, portanto não dá para fortalecer com exercício! Essas partes ajudam a proteger o clitóris, que é extremamente sensível. E sim! Ele é o nosso órgão de prazer!

Vagina:
A vagina é conhecida como o canal, aquele que você fortalece quando faz o treinamento da ginástica íntima e que revoluciona a vida sexual, a saúde íntima e a energia vital! Também é o responsável pela condução do bebê na hora do parto, até o exterior e para isso, ele se expande o suficiente e é muito! Após o parto, ele voltará à sua dimensão normal. A vagina se conecta com o colo do útero e, através dele, o útero. Em ambos os lados do útero, temos os ovários, responsáveis por liberar óvulos nas mulheres em período fértil. Estes, viajam pelas trompas de falópio até o útero, onde em um mágico encontro com os espermatozoides, dá origem a vida. Quase poesia, como não reverenciar?

Se a fertilização não acontece naquele mês, o óvulo amadurece e “cai” na forma de menstruação.

Agora que você já sabe a diferença de vulva e vagina, ao final da matéria vou colocar algumas sugestões sobre cuidados com a mesma... Aliás, temos mais matérias falando sobre o tema, se quiser continuar lendo, veja a lista de matérias aqui no site.

Mas o destaque desta matéria é sem dúvida os vários Tipos. Sim, elas tem a mesma quantidade de tipo, quanto o número de mulheres no planeta.  Acontece que tenho recebido milhares de mensagens de proprietárias, infelizes com a anatomia vaginal. Meninas, acreditem: Nossas vulvas equivalem às nossas impressões digitais. É isso mesmo. Não há duas iguais. Cada uma de nós, possui uma que é única.
Grandes lábios proeminentes, pequenos lábios destacados, clitóris pequenininho, quase invisível ou um clitóris avantajado... Uma jovem me falou que sem uma cirurgia, onde pretende diminuir os pequenos lábios, não terá coragem de ter um namorado... Bem, nem todos os médicos indicam as cirurgias “reparadoras”, afinal a região é delicada, muito vascularizada e há riscos em se fazer essa intervenção. Talvez seja a forma com que ela esteja olhando para a sua, se entender que ela é única, sua marca registrada e portanto bonita, talvez a aceitação seja maior e depois, na boa: Homem não está preocupado com aspectos externos, ele quer a vagina e ela, como você já leu aqui, é interna e perfeitinha :)       

Regina Racco

  1. Sem duchas
    A não ser que você tenha sido orientada a usá-la pelo seu médico. A vagina tem alto poder de limpeza, ela se limpa melhor sozinha do que com a nossa ajuda. Elas fazem isso equilibrando as bactérias saudáveis â??â??e os níveis de pH por conta própria. Por esse motivo duchas, só quando houver algum problema e o médico a indicar.
  2. Perfume Pessoal
    Já falei em outras ocasiões, sabonete neutro, porque nosso cheiro é nossa marca pessoal e é um grande poder de atração para o outro, ou a outra, dependendo de sua orientação sexual.
  3. Pelos púbicos
    Você pode até aboli-los, porque gosto não se discute, mas saiba que eles protegem muito a região, se você não for totalmente contra a sua presença, mantenha-os cortadinhos baixos, mas mantenha-os.
  4. Lubrificantes
    Use sempre os à base de água. Oleosos não são bem aceitáveis e podem provocar coceiras e além do mais se for para usar nos acessórios do treinamento, nem pense: As esferas escorregarão... Agora, fora do treinamento e vez por outra, um pouquinho de óleo de coco, por exemplo, é bem-vindo, porque suaviza a região.
  5. Brinquedinhos?
    Use apenas os que sejam feitos de bom material, aqueles capazes de resistir a uma boa limpeza antes e depois do uso. E é claro, somente os compre em sites ou lojas confiáveis para garantir a qualidade.
  6. Sexo seguro
    Estou falando nisso de novo? Estou, porque nunca é demais. Parceiros eventuais? Nem pense duas vezes: Preservativos, comuns e os femininos, não se descuide. Faça o teste regularmente para infecções sexualmente transmissíveis (DSTs). É importante manter seus exames sempre em dia.
  7. Brincando em várias partes?
    Não esqueça de jamais deixar seu parceiro usar o mesmo preservativo que usou ao brincar no ânus e mesmo nas suas imediações e depois na vagina (o oposto não tem tanto problema, embora o ideal seja trocar). Se gosta do sexo anal, ok, mas, certifique-se de fazê-lo depois do sexo vaginal, não antes.
  8. Urinar depois do sexo
    E muita gente pensa que essa orientação é somente para as mulheres, nananinanão... É para os homens também. Urinar limpa a região, evitando contaminações que podem causar infecções urinárias, por exemplo.
  9. Use roupas amigas
    Tecidos naturais como o algodão são saudáveis para o corpo porque permite que a região respire. Digamos que roupas feitas com tecidos naturais faz a alegria das vaginas e pênis. Aliás, tente ficar nu o máximo de tempo que der, o corpo merece essa liberdade e eu diria mais: Ficar nu é libertador, o bem-estar extrapola os limites do corpo, experimente e me dará razão.
  10. A saúde vaginal tem que ser preocupação diária
    Pense nela, tente escutá-la, contraia (você estará dizendo para ela Oi) e aos poucos, prestando atenção, você verá que uma segunda contração acontece de forma involuntária, é ela, a sua vagina que educadamente está respondendo Oi. Se ainda não faz o meu treinamento, pense, como forma de pagamento pelos bons serviços que a sua vagina vem lhe prestando e também, é claro, uma forma de prepará-la bem para que ela lhe sirva cada vez melhor!

 

 




Voltar <<
fechar
Loja segura

A presença do selo LOJA SEGURA, quer dizer que todos os dados informados para a realização da transação financeira nessa loja virtual estão protegidos contra interceptação.

Este selo garante que a infra-estrutura de segurança utilizada nesta Loja Virtual foi projetada para oferecer o máximo de proteção e eficiência aos seus clientes, possibilitando a realização das transações com o máximo de segurança.

Loja segura
Company:
Adress:
Telephone:
Email Contact:
CPF/CPNJ:

Loja segura

Essa loja virtual está hospedada em um moderno parque de servidores, onde estão hospedadas centenas de lojas virtuais que utilizam a plataforma Shop Delivery, reconhecida como referência em qualidade e garantia de um comércio eletrônico seguro.

Como protocolo de segurança de tráfego, esta loja utiliza o SSL. Ele criptografa todas as informações, de modo que não possam ser lidas ou alteradas por terceiros enquanto estão transitando pela Internet.

Loja segura