Carrinho
Bem Vindo, Visitante. Cadastre-se aqui.
Home > 20 formas fáceis de combater maus odores vaginais

20 formas fáceis de combater maus odores vaginais

Cheirinho em hora imprópria? Resolver é muito fácil! Formas naturais de eliminar maus odores vaginais.

 

Dicas abaixo do texto, não deixem de ler!

Papo de menina, mas que claro, interessa a eles, aliás, quais dos nossos papos não interessa? Eles ficam ligadinhos o tempo todo em nossos “assuntos femininos”, tal qual crianças espionando o doce que está sendo preparado. E somos docinhas, docinhas, bem, na maior parte do tempo é claro.

Mas temos um ponto fraco que muito nos incomoda e que não podemos deixar de lado: Odores, mesmo porque eles são sinais importante de como está nossa saúde.

Seja o suor, o hálito, a urina, fezes, tudo em nosso corpo exala cheiro e isso é normal, o que tem que nos preocupar e assim, tomarmos as devidas providências é quando os odores saem do normal, tornando-se fortes, insuportáveis mesmo.

Se estamos bem, saudáveis, hidratados, se nos alimentamos com equilíbrio, nossos odores se manifestam dentro da normalidade, veja como é fácil mantê-los “ na linha”! Mas tem vezes que... A coisa rola ladeira abaixo e neste caso temos que tomar alguma atitude!

Aff, que ninguém merece, bem no meio do amasso sentir que aquele cheirinho não muito agradável está se manifestando.

Bem, é bom que eu deixe bem claro aqui. Todos temos cheiro e aliás, é nosso cheiro que atrai o “macho” compatível. Já reparou que somente alguns homens parecem nos olhar com interesse, enquanto outros nem parecem notar nossa presença? Claro que isso se dá por conta de todo o conjunto da obra, mas que o cheiro, esse pode atrair ou repelir, isso é fato. Tudo bem que não precisamos cheirar como um enorme vaso de flores, somos humanos e humanos tem cheiro, mas também não podemos achar normal que nosso cheiro chegue antes de nós na esquina, todo excesso deve ser pesquisado e soluções, claro que existem!

O que importa neste caso é a atenção que devemos ter com nossos corpos, porque se estivermos ligadas, qualquer evento “malcheiroso” será detectado antes, que faça algum estrago!

E não vamos encontrar nenhuma mulher que jamais tenha passado em algum momento de sua vida, por um “ataque” de cheiro forte. Venha este, de uma infecção não detectada, períodos em que se ingere menos líquido (sim, o desequilíbrio na hidratação do corpo, aumenta o cheiro de nossos fluidos corporais), como disse acima.

Mas vamos nos concentrar na vagina, afinal, nossa amiguinha está localizada geograficamente em um local, bem difícil, sujeito ao total abafamento causado pelas roupas, assim, se torna vítima potencial de alguns problemas dos quais devemos ficar atentas.

Nada difícil, até bem fácil manter o “natural perfume inebriante” que você exala ao passar, basta ficar atenta e agir na hora certa!

Regina Racco

Matéria minha,Originalmente publicado em Tempo de Mulher/MSN

Dicas da matéria:

 

1)     Não fique paranoica!
Não se apavore achando que qualquer cheirinho é problema, como disse temos cheiro e isso não é ruim, é nossa marca pessoal, a preocupação é quando esse cheiro fica de fato muito forte, talvez seguido por prurido ou coceira.

 

2)     Descubra a causa
Procure perceber se você está em algum período onde é comum o cheiro se intensificar, como a proximidade da menstruação, por exemplo, se for isso, relaxa, não há com o que se preocupar.

 

3)     Morrendo seca
Como está a sua ingestão de água? No inverno, esquecemos um pouco da necessidade de ingerir água suficiente, cuide bem da hidratação porque não será somente na vagina que você exalará cheiro forte e sim no corpo todo.

 

 

4)     Motivos
Bactérias, infecções fúngicas, gonorréia, vaginose bacteriana, DSTs, até mesmo alergia a algum sabonete novo. Se o seu odor vaginal não está voltando ao normal depois de alguns dias, leve a sério, e tome providências.

 

5)     De que cheiro estamos falando?
A grossíssimo modo, poderíamos dizer que um certo cheiro de queijo azedo é bem normal, já o famoso cheiro de peixe podre sinaliza problemas no mar... Mas é claro, respeitando-se individualidades, não somos iguais e por esse motivo devemos procurar nos conhecer profundamente, se eu sei como é meu cheiro natural, saberei quando ele mudar.

 

6)     Coceiras
Um dos sintomas mais comuns, a coceira pode sinalizar de qual algo não vai bem, se ela aparecer após o banho, volte para a água e se enxague bem, você pode ter se descuidado e sobrado sabão na região.

 

7)     Repetição
o mesmo fato se repetiu no dia seguinte? Troque o sabonete. Nem todo produto que se diz bactericida realmente o é e mesmo sendo, temos nossas particularidades, nem sempre o que é bom para uma, é bom para outra.

 

8)     Roupas
Alguns materiais podem desencadear o cheiro mais intenso da região, quem nunca vestiu uma blusa e sentiu que ficou com cheiro forte nas axilas? Na vagina acontece a mesma coisa, evite tecidos que abafem a pobrezinha.

 

9)     Dormir à vontade
Se for possível, durma na maioria dos dias sem calcinha, essas horas servirão para que ela “respire” mais à vontade.

 

10)  Troque a calcinha
Se for necessário em dias de maior calor, troque a calcinha pelo menos por duas vezes ao dia, após banhar-se, assim o suor será minimizado e fará menos estragos.

 

11)  Nem tudo que reluz é ouro
Você não precisa de produtos de ponta, caríssimos para manter o bom odor vaginal, apenas água e sabão, o mais neutro possível já garantirá a saúde vaginal.

 

12)  Faça o teste do nariz
Pegue uma calcinha limpa na gaveta e antes de usá-la cheire bem. Se não gostar o cheiro, lave novamente, se ela não ficar com “cheiro de roupa limpa”, jogue fora e compre outra. Calcinhas se contaminam muito rápido e se não percebemos à tempo, vamos nos contaminando repetidamente.

 

13)  Óleo da árvore do petróleo
Para cheiros mais fortes sem causa bacteriológica, um bom banho de água com gotas do óleo do chá da árvore do petróleo (vende em vidrinhos) morno, seguido de boa enxaguada, poderá resolver, use 30 gotas para um litro.

 

14)  Orégano
Excelente até mesmo para problemas no ovário, o chá morninho desse tempero, funciona para eliminar o mal odor vaginal. Use-o nas axilas também se precisar. Duas colheres de sopa para um litro e meio de água. Ferva por três minutos, abafe e deixe amornar antes de usar.

 

15)  Alho
Danou-se! Alho para combater odor vaginal? Sim, alho é bactericida, use-o na alimentação, tome um chá se sentir que precisa de boa purificação e esmague dois a três dentes de alho em água morna, passando na vagina, deixe por um a dois minutos e enxague com muita água.

 

16)  Vinagre de maçã
Compre de preferência em casas de produtos naturais, ele é mais caro, mas bem mais puro. Use-o com um algodão, passando um pouco antes do banho, aproveite e passe nas axilas também. Lave normalmente e enxague bem. O vinagre de maçã é um coringa na saúde. Se desejar enxague a região genital com um preparado de um litro de água morna com duas colheres de sopa de vinagre de maçã, neste caso, não precisa enxaguar, essa solução já é o próprio enxague.

 

17)  Feno grego
Compre em loja de produtos naturais, coloque duas colheres de chá em um copo de água à noite e tome esta água pela manhã, descartando as sementes. Faça isso por uma semana ou até mais se precisar. Ele elimina o mal odor vaginal e ainda regula os hormônios.

 

18)  Iogurte
Bem, quero ver você reclamar deste “remédio”, é delicioso. Ele regula o ph da vagina eliminando os odores. Coma-o diariamente e também, embeba um algodão ou um tampão com iogurte e insira no canal vaginal, deixando por dez minutos, mas lembre-se de usar o iogurte natural sem açúcar para o uso local.

 

19)  Frutas cítricas
Aconselho sempre aos homens usar e abusar do abacaxi para que um certo tipo de sexo se torne agradável para as parceiras, quem leu meu livro Pirulito e outras delícias sabe disso. Mas, laranjas, limões e acerolas também são ótimos auxiliares para deixar os odores corporais agradabilíssimos, portanto, abuse, você também!

 

20)  Evite
Certos alimentos não são propriamente amigos do bom cheiro corporal, portanto se as coisas já estão complicadas, tente evitar por um tempo os seguintes alimentos: Cebola, repolho e brócolis. Foi demonstrado que esses alimentos aumentam o cheiro da vagina. E controle a ingestão de peixes e carnes, essas proteínas também ajudam a  agravar o problema.

 




Voltar <<
fechar
Loja segura

A presença do selo LOJA SEGURA, quer dizer que todos os dados informados para a realização da transação financeira nessa loja virtual estão protegidos contra interceptação.

Este selo garante que a infra-estrutura de segurança utilizada nesta Loja Virtual foi projetada para oferecer o máximo de proteção e eficiência aos seus clientes, possibilitando a realização das transações com o máximo de segurança.

Loja segura
Company:
Adress:
Telephone:
Email Contact:
CPF/CPNJ:

Loja segura

Essa loja virtual está hospedada em um moderno parque de servidores, onde estão hospedadas centenas de lojas virtuais que utilizam a plataforma Shop Delivery, reconhecida como referência em qualidade e garantia de um comércio eletrônico seguro.

Como protocolo de segurança de tráfego, esta loja utiliza o SSL. Ele criptografa todas as informações, de modo que não possam ser lidas ou alteradas por terceiros enquanto estão transitando pela Internet.

Loja segura