Carrinho
Bem Vindo, Visitante. Cadastre-se aqui.
Home > Pompoarismo | Sexo Anal, sexo Proíbido

Pompoarismo | Sexo Anal, sexo Proíbido

Objeto do desejo de muitos homens. Pesadelo de muitas mulheres. Não de todas, há aquelas que gostam e muito, e arrisco dizer que é possível mesmo para quem não gosta passar a apreciar, dependendo de como se dá essa iniciação. Assim, os homens mais pacientes e carinhosos saem ganhando.

Objeto do desejo de muitos homens. Pesadelo de muitas mulheres. Não de todas, há aquelas que gostam e muito, e arrisco dizer que é possível mesmo para quem não gosta passar a apreciar, dependendo de como se dá essa iniciação. Assim, os homens mais pacientes e carinhosos saem ganhando.

O sexo anal consiste na introdução do pênis ou algum acessório próprio (plugs anais, por exemplo) no ânus com o intuito de provocar prazer.  Longe de ser uma prática apenas para homossexuais essa modalidade de sexo faz parte do repertório de prazeres de grande número de casais heterossexuais.

Para alguns homens, possuir uma mulher dessa forma é o clímax da conquista. Sentem-se poderosos, dominadores, esse sexo é visto como fantasia sexual e devidamente aceita pela parceira apimenta a relação.

É sempre importante frisar que somente deve ser praticado se realmente houver aceitação por parte da mulher, ela não deverá se sentir de nenhum modo coagida nem a esta e nem a nenhuma forma de prática sexual. O sexo gostoso é o que se pratica em comum acordo. O livre consentimento de ambos é necessário para esta assim como para todas as práticas sexuais. Muitas pessoas, tanto homens como mulheres podem ter fantasias secretas envolvendo o sexo anal, mas se sentem incapazes de discuti-las com seu parceiro e neste caso o ato de calar, gera insatisfação ou frustração. Alguns podem pressionar o parceiro a ter sexo anal, mesmo este não querendo. Outro erro. Nenhuma forma de prazer deve ser conquistada sob o medo ou a mágoa do outro.

 

Falar sobre seus desejos é uma forma de auto-satisfação, além de proteger o relacionamento contra desgastes evitáveis.

 Também não deve ser visto como impuro, pecado, aberração. Sexo é preferência, cabe apenas aos dois entre quatro paredes decidir o que querem fazer e o que dá mais prazer.

Não tem nenhuma contra indicação desde que praticado dentro de normas de higiene e segurança, Sendo feito com amor e carinho, o sexo anal se transformará em uma possibilidade a mais de descobrir novas sensações. Aqui como em todos os aspectos de nossa vida íntima, o diálogo e o perfeito entendimento entre ambos garantirão satisfação e prazer e é claro que se juntarmos ao desejo de inovar na relação, algumas dicas importantes, a satisfação estará garantida.

 E quanto aos riscos?

 Sim. Eles existem, como em qualquer modalidade sexual. A maioria das atividades sexuais comporta riscos de transmissão de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) gonorréia e herpes , hepatite B e HIV . Há evidências de que o sexo anal acarreta um maior risco de transmissão do que outra atividade sexual, mas estes riscos diminuem em igual proporção aos cuidados com higiene e proteção.

 

O parceiro que for receber a penetração (seja a mulher ou o parceiro gay) deve ser capaz de relaxar completamente, a fim de acomodar o pênis. Como falo nas dicas o dedo ou brinquedinhos podem ajudar promovendo esse relaxamento antes da penetração propriamente dita.

 

O esfíncter anal é um anel de músculos que pode ser contraído ou relaxado sob controle voluntário (esfíncter externo). Para isso o fortalecimento da musculatura é fundamental. Aprendendo-se a contrair de forma correta, também dominamos o relaxamento.

 

Experiente usar uma camisinha lubrificada, no dedo, para esta primeira penetração, além da proteção, a suavidade da textura poderá ajudar.

 

Em seguida, você poderá tentar inserir dois dedos. Se isso for conseguido com êxito, a penetração do pênis se dará sem problemas.

 

Gentileza, atenção, lubrificação adequada e relaxamento anal são necessários, para o parceiro penetrante fazer mais pressão.

 

A devida estimulação pelo homem no clitóris ajudará a parceira a obter mais facilmente o orgasmo. Enfim, tudo se resume em cuidados, carinho e atenção. Assim se garante o prazer e a satisfação sexual, pessoal e com o parceiro. E a frase mais que batida, vale e valerá sempre: Quem ama cuida e neste caso, também se cuida!

 

 

Dicas:

 

1) Banho

Um excelente banho íntimo antes da prática é fundamental, capriche usando ducha e um bom sabonete íntimo. Verifique se a área está limpa e o intestino vazio. Isto é importante tanto esteticamente como na prática. O intestino cheio poderá levar o praticante a eventual situação constrangedora.

 Lubrificação adequada

 2) O ânus não tem a lubrificação e nem a elasticidade do canal vaginal, portanto use um bom lubrificante ou se preferir (altamente indicado), peça ao parceiro para usar camisinha lubrificada. A camisinha deve ser trocada antes da penetração vaginal porque o ânus tem bactérias que podem contaminar e levar a mulher a sofrer algum tipo de infecção.

 Cuidados com a região:

 3) É de importância fundamental que a mulher observe se não tem algum tipo de ferimento o que poderá ser agravado pelo atrito do pênis (sangramentos na evacuação ou dores). A região anal é extremamente sensível e se vencida a resistência à penetração a sensação é muito prazerosa.

 Preliminares:

 4) O que aconselho é que o casal comece introduzindo a pratica às brincadeiras iniciais e só comece o sexo quando a excitação estiver intensa, somente assim a mulher conseguirá relaxar o suficiente para a penetração não cause dor o que inviabilizaria o prazer.

 5) Na Penetração

 Antes de penetrar colocar um dedo na entrada do ânus, girando levemente, aumentado assim o relaxamento. Cabe ao homem também logo após penetrar, parar os movimentos por alguns segundos dando a chance da mulher se refazer deste pequeno ?choque?, passados esses segundos comece se movimentando devagar, aumentando o ritmo ao sentir que ela está relaxada.

 6) Estimulação constante

 Tanto o homem quanto a própria mulher deve manter a excitação em alta, isso é possível estimulando o clitóris enquanto o sexo acontece.

 7) Todos os dias? Não.

 A pratica do sexo anal deve ser descontinuada, ou seja, não se deve praticar diariamente, para que a mucosa anal se refaça e qualquer micro ferimento provocado pelo pênis cicatrize antes de uma próxima penetração. Na verdade, o ideal é que se veja a penetração anal como uma variação, nunca como prática constante.

 8) Controle:

 A penetração anal deve ser controlada pela parceira, somente ela poderá dizer se está realmente querendo experimentar e se gostar, repetir. O homem deve estar atento ao controle de seu corpo para obedecer de imediato se ela optar por interromper o colóquio, o não cumprimento dessa regra poderá pôr tudo a perder, porque somente ela sabe a intensidade de dor e a profundidade que sente mais ou menos prazer.

 

Ainda excitando:

 

9) - Caricias Oral-Anal, como pequenas massagens com a língua são muito agradáveis mas observe alguns cuidados porque essa brincadeira não é isenta de riscos.
Portanto usem camisinhas de língua que protege e tem uma textura bem excitante.

 

10)  Uma dica de ouro

 

A mulher ou o parceiro que será penetrado (para o caso de casais gays) deverá abrir a boca, e mantê-la aberta no momento da penetração. Esse é um truquezinho simples, mas que realmente funciona, ajudando no relaxamento do primeiro esfíncter facilitando assim a penetração.

 

Regina Racco




fechar
Loja segura

A presença do selo LOJA SEGURA, quer dizer que todos os dados informados para a realização da transação financeira nessa loja virtual estão protegidos contra interceptação.

Este selo garante que a infra-estrutura de segurança utilizada nesta Loja Virtual foi projetada para oferecer o máximo de proteção e eficiência aos seus clientes, possibilitando a realização das transações com o máximo de segurança.

Loja segura
Company:
Adress:
Telephone:
Email Contact:
CPF/CPNJ:

Loja segura

Essa loja virtual está hospedada em um moderno parque de servidores, onde estão hospedadas centenas de lojas virtuais que utilizam a plataforma Shop Delivery, reconhecida como referência em qualidade e garantia de um comércio eletrônico seguro.

Como protocolo de segurança de tráfego, esta loja utiliza o SSL. Ele criptografa todas as informações, de modo que não possam ser lidas ou alteradas por terceiros enquanto estão transitando pela Internet.

Loja segura